Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008

Ao meu olhar

((((****foto de pjsoueu - Mãe e filho -****))))


Ser mãe...


Hoje acordei e pensei no melhor que Deus fez...


Entre vários pensamentos e razões elegi o - “Ser Mãe” -, coisa que não posso ser - Sou Pai; mas admiro a mulher predestinada a tal missão tão digna, sublime e linda.


Ser mãe é andar chorando num sorriso! Ser mãe é ter um mundo e não ter nada! Ser mãe é padecer num paraíso.”

Coelho Neto.


Pode secar-se, num coração de mulher, a seiva de todos os amores, nunca se extinguirá o do amor materno.”

Júlio Dantas.


“Esposa e mãe! Que suaves nomes! Que fonte inesgotável de venturas! Que inefável tesouro de alegrias! Tão castas e tão puras!”

B. Guimarães


Amor de mãe quem tiver deve guardá-lo no peito; que não há amor de mulher que seja tão perfeito”.

Júlio Dantas.

tags:
publicado por Pjsoueu às 10:54
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

POEMA DE AMOR DO REI SALOMÃO E SUA AMADA

    LIVRO DE CANTARES DE SALOMÃO 


Capitulo 1 1  Cântico dos cânticos, que é de Salomâo.


* Beije-me ele com os beijos da sua boca; porque melhor é o teu amor do que o vinho.
*  Suave é o aroma dos teus unguêntos; como o ungüênto derramado é o teu nome; por isso as virgens te amam.
*  Leva-me tu; correremos após ti. O rei me introduziu nas suas câmaras; em ti nos regozijaremos e nos alegraremos; do teu amor nos lembraremos, mais do que do vinho; os retos te amam.
*  Eu sou morena, porém formosa, ó filhas de Jerusalém, como as tendas de Quedar, como as cortinas de Salomão.
*  Não olheis para o eu ser morena; porque o sol resplandeceu sobre mim; os filhos de minha mäe indignaram-se contra mim, puseram-me por guarda das vinhas; a minha vinha, porém, näo guardei.
*  Dize-me, ó tu, a quem ama a minha alma: Onde apascentas o teu rebanho, onde o fazes descansar ao meio-dia; pois por que razäo seria eu como a que anda errante junto aos rebanhos de teus companheiros?

                                                      

*  Se tu no o sabes, ò mais formosa entre as mulheres, sai-te pelas pisadas do rebanho, e apascenta as tuas cabras junto às moradas dos pastores.As éguas dos carros de Faraó te comparo, ò meu amor.
*  Formosas são as tuas faces entre os teus enfeites, o teu pescoço com os colares.
*  Enfeites de ouro te faremos, com incrustações de prata.
*  Enquanto o rei está assentado à sua mesa, o meu nardo exala o seu perfume.


*  O meu amado é para mim como um ramalhete de mirra, posto entre os meus seios.
14  Como um ramalhete de hena nas vinhas de Engedi é para mim o meu amado.

Eis que és formosa, ò meu amor, eis que és formosa; os teus olhos säo como os das pombas.

Eis que és formoso, ò amado meu, e também amável; o nosso leito é  esperança.
*  As traves da nossa casa são de cedro, as nossas varandas de cipreste.



Favos de mel manam dos teus lábios, minha esposa! Mel e leite estão debaixo da tua língua, e o cheiro dos teus vestidos é como o cheiro do Líbano.
* Jardim fechado és tu, minha irmã, esposa minha, manancial fechado, fonte selada.
*  Os teus renovos sâo um pomar de româs, com frutos excelentes, o cipreste com o nardo.
*  O nardo, e o açafrão, o càlamo, e a canela, com toda a sorte de árvores de incenso, a mirra e aloès, com todas as principais especiarias.
*  És a fonte dos jardins, poço das águas vivas, que correm do Líbano!

Levanta-te, vento norte, e vem tu, vento sul; assopra no meu jardim, para que destilem os seus aromas. Ah! entre o meu amado no jardim, e coma os seus frutos excelentes!

*Que belos säo os teus amores, minha irmä, esposa minha! Quanto melhor é o teu amor do que o vinho! E o aroma dos teus ungüentos do que o de todas as especiarias!                                           
                                                                                                                        
tags:
publicado por Pjsoueu às 09:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Ao meu olhar

. POEMA DE AMOR DO REI SALO...

.arquivos

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds