Quinta-feira, 13 de Março de 2008

Política substantivo feminino

 

                                                                                                      

Política, é um substantivo feminino.


Política é a arte ou ciência de governar.

Política no sentido figurado também pode ser, modo de se haver em qualquer assunto, particular, para se obter o que se deseja; estratégia, táctica, astúcia; esperteza; maquiavelismo;...


Se a política é "feminina" porque há tanta indelicadeza no desempenho dessa arte?

Os "Homens" ( femininos e masculinos) da, na política, perderam o sentido estético da sensibilidade.


Não há mais cavalheirismo nos "gestos" educados de agir com verdade e sentimento.

Os duelos com armas de "luva branca" não são mais evidentes, porque já  não  há luvas brancas. As luvas, agora, são de várias côres: rosa, laranja, vermelhas, multicor e algumas bem negras.


As flores no romantismo, são usadas para "fazer" feliz a pessoa alvo do nosso afecto.  As flores da política, rosas, cravos e outras verduras já não servem nem para ceifar. As foices já foram, os martelos  batem sempre igual, no ferro frio. As setas indicando caminhos, estão sem norte; precisando urgentemente do GPS da capacidade de renovação de caminhos alternativos. A "esperteza da política, como crentes" fervorosos, usam o milagre das "Rosas"; ....

    " Que trazeis  no vosso regaço?

    "São rosas meus senhores, são rosas.....

    " Rosas?... mas vejo incompreensão, desemprego, desalento,desconfiança...

    "Ilusão, senhores,  não vêdes? são mesmo rosas".....

     " São...hum...são o quê?


Maquiavelismo, doutrina segundo a qual ao príncipe ou ao Estado é lícito recorrer a todos os meios (incluindo o assassínio) para alcançar os seus fins;


Na minha "inocente pureza de espírito" sempre pensei que isto não seria possível num país democrático, europeu, civilizado e é bom lembrar, uma nação de "brandos costumes".


Maquiavelismo é um substantivo "masculino"; já sei, sim, sim, afinal há que ser másculo, mesmo que para isso seja necessário "sacríficar" os inocentes; melhor dizendo o povo.


Ao escrever estas linhas fiz uma pausa, pousei a pena, quer dizer, os dedos sobre a secretária, em granito azul lavrador, olhei o céu azul, límpido, pincelado com nuvens brancas de paz e esperança e pensei:

     "Os homens e mulheres do nosso tempo teimam em semear o egoísmo. Os séculos passaram mas o coração dos ser humano não se alterou. No ano 0 dC  o Império Romano dominava os povos, conforme está escrito no livro dos cristãos,(S.Mateus 5:4-7) Cristo perante os políticos da época disse o seguinte:

    

    " Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;

    " Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;

     "Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;

    " Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;


Se os políticos não conseguem semear esperança , vamos olhar o céu, nunca perdendo o objectivo nem a Fé inteligente , de individualmente, ou em famílias seguir o caminho propício ao desenvolvimento da nossa terra.




    

publicado por Pjsoueu às 11:18
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 23 de Fevereiro de 2008

FANATISME (fR.) fANATISMOS"


Etimologicamente falando, o fanático, (do lat. fanáticu), é alguém que se julga inspirado pela divindade ou que é ou está animado, por um zelo excessivo seja na religião conhecida como tal, ou pela religião do "ATEÍSMO".

 Ser ateu é o contrário de ser crente religioso, dizem muitos. Não concordo, não e não. Ser ateu é seguir a religião do umbigo, da auto suficiência, a religião do olhar crítico aos que acreditam em algo mais, além do que vêem na frente do nariz, seja do nariz físico, metafisico, ou na dimensão simples da política.

 Acredito nos ateus? sim. Acredito nos teólogos? sim. Acredito que muitos são sinceros, mas isso não me obriga a acreditar que a verdade perfeita está no lado de quem apresentas essa variedade de ideologias.

 Na Bíblia está escrito um versículo proferido por Jesus, no qual ele diz: "Eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vai ao Pai, sem ser por mim."(S. João.14:6).

No carta I coríntios 13: 4-8 também está escrito:

""O amor é paciente e bondoso. Não é invejoso, nem orgulhoso; não é arrogante, nem grosseiro. O amor não exige que se faça o que ele quer. Não é irritadiço e dificilmente suspeita do mal que os outros lhe possam fazer.

Nunca fica satisfeito com a injustiça, mas alegra-se com a verdade.

O amor nunca desiste, nunca perde a fé, tem sempre esperança e persevera em todas as circunstâncias.

Todos os dons e capacidades especiais que vêm de Deus terminarão um dia, porém, o amor há-de sempre continuar. (I Coríntios 13:4-8)""


Se ser cristão baseado no princípio de vida onde o amor, o perdão, a compaixão prevalecem sobre toda e qualquer violência, então eu nessa área não me importo de ser "Fanático". Abomino o fanatismo das ideias sem respeito pela dos outros, abomino a violência física, psicológica, respeitando, não tolero, tolerando, os que não concordam que a final até o ateísmo é fanático quando não admite que a existência é muito mais que matéria e ciência. A Ciência da vida é estar atento a tudo, analisar cada detalhe e nunca dizer, (como diz o ditado popular): "Desta água não beberei, não vá a sede apertar e outro remédio não ter".
publicado por Pjsoueu às 15:37
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Política substantivo femi...

. FANATISME (fR.) fANATISMO...

.arquivos

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds