Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

nos versos e prosas



deixa-me andar no caminho das rosas

na fragrância tonificante do teu andar
não olhes para trás quando me escondo
enrubescido, na folhagem, verde-rubro,
oiço teus passos no compasso, sonhar...

a bela viagem sem tempo com teu tempo,

que foi ontem, hoje, nos versos e prosas
aprendi a ler, no código morse sei sentir
sístoles e diástoles neste meu coração..
saciando esta sede nas águas vaporosas
substantivo feminino é desejo veemente
deixa-me andar no caminho, na emoção..
nasci onde teu sorriso já era, rosa a florir
sentado, no tempo real, melhor que ilusão.





tags:
publicado por Pjsoueu às 22:58
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

Baleias livres/Homem livre


Não, não me estou a referir a algumas senhoras com tamanho jumbo. Estou a mencionar o facto de muitos predadores humanos; no mar da China ou no Japão não terem pudor em exterminar espécies só para satisfazerem caprichos egoístas. Os aspectos culturais dos povos têm, naturalmente o seu grau de importância; mas, há valores com um valor, muito superior, a egoísmos "egocêntricos", sejam pessoais ou nacionais.
tags:
publicado por Pjsoueu às 13:44
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 26 de Abril de 2008

Monsaraz e eu...

(fotos de PjCondePaulino)

A histórica vila de Monsaraz, fica no alto de um monte, onde a vizinha Espanha é vizinha. É um lugar privilegiado. A sua imponente e misteriosa imagem é reflectida no maior espelho de água; o maior lago artificial da Europa, o Alqueva.
Neste lugar, viajo o pensamento sempre que preciso de estar só, comigo mesmo, na encosta do monte, olhando a imensidão de água na "lonjura" do Alentejo.


tags:
publicado por Pjsoueu às 15:37
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

Desafio

A minha comadre Coragem do blog "Riscos de Vida" reencaminhou-me este desafio. Assim pelo enorme carinho e respeito que por ela nutro, aqui vai:


Qualidades
-Sinceridade, compreensão, persistência

Defeitos- Mal humorado ao levantar....teimosia...

Gostos- Musica, viagens, leitura, cinema..( ui.. e ser um bom garfo)

Não passarei- o Ano sem viajar de novo ( apetece-me de novo o Avião) lol

Detestas-Falta de carácter, Hipocrisia..

Pessoa- ( nao digo o fernando) mas a minha Esposa...

Família-O meu porto de abrigo

Homem-O meu pai

Mulher- a minha mãe

Sorriso-O do meu filho ...( para desputar com o da filha da Coragem) lol....

Perfume- Flower by Kenso ( adoro cheirar no feminino;))

Carro-O meu primeiro..MINI

Paixão-Musica

Amor- sentimento que me envolve

Olhos-Verdes, os meus.... lol...

Sal-Símbolo da perseverança e do valor do trabalho ( salário)

Chuva-serenata à chuva

Mar- Mar de desejos, lembrando a liberdade

Livro-BIblia

Filmes- Millhentos

Musicas-Variadas e constantes

Dinheiro-Fonte de discórdia

Silencio-sabe muito bem

Solidão-Gosto de estar comigo nesta solidão, quando me apetece...

Flor-Rosa

Sinceridade-Sempre

Sonhos- de ser feliz

Cidade-A minha

País-Portugal

Não viver sem-As pessoas que amo

Nunca deixar de-Sonhar a vida.


Conforme o regulamento, este mesmo desafio será passado a 5 novos blog's, sendo eles:
Riscos de vida, Dias Iluminados,Tibéu,Babão,Luna,Joana,Ternura.

:)
tags:
publicado por Pjsoueu às 23:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

***LIBERDADE***

Açores-(foto de PjConde Paulino)

Liberdade o que é?

- Ser livre voando nas asas da alegria...
Liberdade para dizer, o que penso de ti; existe?

-Ser livre é sonhar, olhando a imensidão...
Liberdade para escolher o caminho; é real?

- Ser livre é estender a mão, sorrindo teu coração...
Liberdade para dizer sim e não; é verdade?

- Ser livre é ter Deus sem temor da descoberta...
Liberdade para ser eu, sem preconceito; posso?

- Ser livre é dar as mãos ao meu irmão...
Liberdade para ficar no silêncio e anunciar, faz mal?

- Ser livre é sentir o coração sem grilhões...

Liberto da afronta pecaminosa da incúria de quem fere.
Os frágeis sem protecção, serão protegidos pela beleza viva
na liberdade divina, interior, abrangente aos que no lar
estão mais felizes junto a nós, na liberdade de ser - Feliz.
tags:
publicado por Pjsoueu às 17:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

AMANTES/ESPOSAS/ESPOSOS/AMANTES

AMANTES/ESPOSAS/ESPOSOS/AMANTES


Nem só de pão...


Cuidado esposas (os). Estejam alerta, o casamento não se pode transformar numa simples conveniência. - os filhos, o lar, a casa a segurança aparente.

Se a ser amante, é um título mal visto na sociedade, ser marido ou esposa sem essa vivência (amantes) é maldição para o casamento.
O romance implica novidade, improviso, aventura na surpresa de amar, sem medo nem vergonha. A aventura entre os dois elementos do casal é tão necessária para a alma como o alimento para o corpo.

Homens e mulheres são ensinados a pôr de parte a aventura com o fim da adolescência, nada mais errado. Nem só de pão vive o homem mas de todo o ensinamento inserido no manual do Criador (fabricante). O amor é compreensivo, tolerante; não é invejoso. No casal, não pode haver medo de ousar; senão ousarem, morrerão por dentro. O casamento não pode ser um saco fechado, onde o oxigénio escasseia e consequentemente mata o futuro, onde a esperança vai esmorecendo.

O amor, também se aprende. Para ser amado, não basta amar tem de aprender a ser amado (a).

*VIVA O MOMENTO*

Uma esposa (o) pode tornar-se tão obcecada com o futuro que deixa de viver o presente. Tudo é para amanhã: a educação das crianças, a casa maior e mais luxuosa, a tal viagem, a lua de mel adiada, a reforma. Esposa e esposo, tem de deixar de ser tanto "mulher/marido e serem também mais amantes, na forma do verbo amar na primeira pessoa do plural "nós amamos".

Muitos casais são excelentes amantes, com casamentos estáveis e lindos porque, enquanto crianças e adolescentes, (não é regra)...interceptaram por vezes um olhar inconfundível entre o pai e a mãe. Notando a evidência desse segredo mágico; é natural que mais tarde, essa criança queira também que essa magia dos pais, dele seja também.

O melhor ensino do amor não são os ensinamentos de anatomia, porque disso as nossas crianças sabem muito bem. Não são as miríades de posições largamente difundidas, mas sim a imaginação ...muito mais que a pseudo-educação sexual.

A esposa sensata cultiva pelo menos uma actividade do seu agrado e alimenta-a continuamente. Se os filhos e o marido se insurgirem, paciência; nós maridos temos de aprender a respeitar o espaço da nossa esposa. Todos sofrerão se o casamento se atolar em monotonia e indiferença.
tags:
publicado por Pjsoueu às 22:11
link do post | comentar | favorito
|

AMANTES/ESPOSAS/ESPOSOS/AMANTES

Ao ler, no blog da minha" comadre Coragem", Conselhos para um casamento feliz!
Não parei de matutar" nas minhas experiências de homem casado e como, cada uma delas, me ensinaram e continuam a mostrar que os casamentos eternos ainda podem ser verdade....e assim lá fui eu feito imitador de meia tigela" dar as minhas humildes opiniões de alentejano sorridente. Ora vejamos:

Nem só de pão...

Cuidado esposas (os). Estejam alerta, o casamento não se pode transformar numa simples conveniência. - os filhos, o lar, a casa a segurança aparente.

Se a ser amante, é um título mal visto na sociedade, ser marido ou esposa sem essa vivência (amantes) é maldição para o casamento.
O romance implica novidade, improviso, aventura na surpresa de amar, sem medo nem vergonha. A aventura entre os dois elementos do casal é tão necessária para a alma como o alimento para o corpo.

Homens e mulheres são ensinados a pôr de parte a aventura com o fim da adolescência, nada mais errado. Nem só de pão vive o homem mas de todo o ensinamento inserido no manual do Criador (fabricante). O amor é compreensivo, tolerante; não é invejoso. No casal, não pode haver medo de ousar; senão ousarem, morrerão por dentro. O casamento não pode ser um saco fechado, onde o oxigénio escasseia e consequentemente mata o futuro, onde a esperança vai esmorecendo.

O amor, também se aprende. Para ser amado, não basta amar tem de aprender a ser amado (a).

*VIVA O MOMENTO*

Uma esposa (o) pode tornar-se tão obcecada com o futuro que deixa de viver o presente. Tudo é para amanhã: a educação das crianças, a casa maior e mais luxuosa, a tal viagem, a lua de mel adiada, a reforma. Esposa e esposo, tem de deixar de ser tanto "mulher/marido e serem também mais amantes, na forma do verbo amar na primeira pessoa do plural "nós amamos".

Muitos casais são excelentes amantes, com casamentos estáveis e lindos porque, enquanto crianças e adolescentes, (não é regra)...interceptaram por vezes um olhar inconfundível entre o pai e a mãe. Notando a evidência desse segredo mágico; é natural que mais tarde, essa criança queira também que essa magia dos pais, dele seja também.

O melhor ensino do amor não são os ensinamentos de anatomia, porque disso as nossas crianças sabem muito bem. Não são as miríades de posições largamente difundidas, mas sim a imaginação ...muito mais que a pseudo-educação sexual.

A esposa sensata cultiva pelo menos uma actividade do seu agrado e alimenta-a continuamente. Se os filhos e o marido se insurgirem, paciência; nós maridos temos de aprender a respeitar o espaço da nossa esposa. Todos sofrerão se o casamento se atolar em monotonia e indiferença.
tags:
publicado por Pjsoueu às 15:10
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 19 de Abril de 2008

- Quando o bebé chorou...

Foi o choro de um bebé, forte, agudíssimo, que ressoou por toda a clínica. Um pranto que se introduziu nos ouvidos incrédulos e horrorizados do médico Mats Wactel, de Karlstad, Suécia, e um choro que deixou geladas as enfermeiras assistentes

É natural e necessário que um bebé chore ao nascer; é musica para a mãe e para os que atendem ao parto. Porém quando esse grito brota de um feto de dez semanas de gestação, e sai de um balde de lixo, não é musica. É algo horripilante. A partir desse momento, o médico Wacktel renunciou à prática abortiva.

O aborto converteu-se numa industria produtiva. Como tudo neste mundo controverso, acaba por se transformar num negócio, do desporto à arte, da política à religião, o aborto de bebés converteu-se infelizmente, numa indústria que movimenta milhões.

Ninguém nega que uma gravidez indesejada poderá ser um grave problema económico, moral e psicológico´. Para muita gente o aborto é uma forma rápida de livrar-se de uma carga. Não se resolvem os problemas com o "Infanticídio.

Existiram já demasiadas matanças neste século que se jactava de ser o mais científico e evoluído de todos. A história conhece os genocídios e as hecatombes da Rússia, China, Alemanha, África, etc., sob regimes totalitários. Este Século das luzes é sem duvida outro feito de sangue.

Terá a humanidade que continuar a matar seres humanos? Certamente que não. Como seres humanos, inteligentes devemos dizer sim há vida, não importam os sacrifícios egocêntricos e materialistas que assolam, qual epidemia, o mundo em que vivemos.


publicado por Pjsoueu às 21:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quando o bebé chorou...

Foi o choro de um bebé, forte, agudíssimo, que ressoou por toda a clínica. Um pranto que  se introduziu nos ouvidos incrédulos e horrorizados do médico Mats Wactel, de Karlstad, Suécia, e um choro que deixou geladas as enfermeiras assistentes


È natural e necessário que um bebé chore ao nascer; é musica para a mãe e para os que atendem ao parto.Porém quando esse grito brota de um feto de dez semanas de gestação, e sai de um balde de lixo, não é musica. É algo horripilante. A partir desse momento, o médico Wacktel renunciou à prática abortiva.


O aborto converteu-se numa industria produtiva. Como tudo neste mundo controverso, acaba por se transformar num negócio, do desporto á arte, da política à religião, o aborto de bebés converteu-se infelizmente, em indústria que movimenta milhões.
    Ninguém nega que uma gravidez indesejada poderá ser um grave problema económico, moral e psicológico´. Para muitas gente o aborto é uma forma rápida de livrar-se de uma carga. Não se resolvem os problemas com o "Infanticídio.
    Existiram já demasiadas matanças neste século que se jactava de ser o mais científico e evoluído de todos. A história conhece os genocídios e as hecatombes da Rússia, China, Alemanha, África, etc., sob regimes totalitários. Este Século das luzes é sem duvida outro feito de sangue.
    Terá a humanidade que continuar a matar seres humanos? Certamente que não.  Como seres humanos, inteligentes devemos dizer sim há vida, não importam os sacrifícios egocêntricos e materialistas que assolam, qual epidemia, o mundo  em que vivemos.


 

 

tags:
publicado por Pjsoueu às 16:41
link do post | comentar | favorito
|

***APRENDI***

Alentejo- (foto de PjCondePaulino)

APRENDER A VIVER

.Aprendi que não importa o quanto eu me importe; algumas pessoas simplesmente não se importam.

.Aprendi que não importa quão boa seja uma pessoa; ela vai ferir-te de vez em quando e tu precisas de perdoá-la por isso.

.Aprendi que falar alivia as dores emocionais.

.Aprendi que são precisos anos para se ganhar a confiança e apenas em segundo essa confiança pode ser destruída.

.Aprendi que não importa o quanto tu tens na vida mas quem tu tens na vida.

.Aprendi que devemos deixar, sempre, a quem amamos, com uma palavra amorosa.

.Aprendi que não importa até onde cheguei mas para onde vou caminhando.

.Aprendi que, ou controlas os teus actos ou eles te controlarão.

.Aprendi que a paciência requer muita prática.

.Aprendi que há pessoas que nos amam mas não sabem como demonstrá-lo.

.Aprendi que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém. Algumas vezes tenho de aprender a perdoar-me a mim mesmo.

.Aprendi que há mais dos meus pais em mim do que eu supunha.

.Aprendi que aprender é o melhor que há para melhor viver!

tags:
publicado por Pjsoueu às 16:30
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. CÉU DE AMOR

. OLHAR DE AMOR

. OLHAR TRISTE NAS RUAS DA ...

. Ao meu olhar

. Dança da Alegria

. De volta -

. Memórias do Alentejo(foto...

. - COMPROMISSO, PORQUE TE ...

. »»»O Trigo e o Joio«««

. Memórias, sabores e cheir...

.arquivos

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds