Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

Pérolas perdidas...



Como se escureceu o ouro no dia da luz solar
Na madrugada, pedras preciosas no colar
Rolando pelo chão de mármore, róseo e frio?

Sentado no chão, olho no colo do teu olhar
De quem tem tudo, e perdeu, no olhar vazio;
O jaspe e o jasmim não brilham mais assim
Porque o Sol esmoreceu no vazio sem luar.

Quando antes ofuscavas a luz do astro rei
Hoje, amanhã na estrada do sonho foi ontem?
A Lua morreu no luar? - O Sol não vai brilhar?
Quando escureceu o ouro fino da luz do teu olhar?

O teu pescoço suave, torre de âmbar e marfim
No colo de ternura se perdeu sem pérolas
O jaspe e o jasmim não brilham mais assim...

tags:
publicado por Pjsoueu às 18:05
link do post | comentar | favorito
|
32 comentários:
De Cila & Di a 7 de Julho de 2008 às 22:53
Bonita poesia, Compadre, triste...mas bonita!
Beijo


De Pjsoueu a 7 de Julho de 2008 às 23:09
CIla:
- Comadrezita, Há momentos que o coração precisa de chorar as lágrimas suas e dos amigos, qual pérolas de orvalho cintilantes e cristalinas, pela sinceridade sentida, mesmo incompreendidas...mas verdadeiras!

um bjo de seu compadre.


De de dentro pra fora.... a 8 de Julho de 2008 às 02:23
Bonito este teu poema, cheio de sentires,tão sentido..


De Marta a 8 de Julho de 2008 às 07:15
Às vezes, fica-se como que suspenso no tempo....
Poema muito sentido e verdadeiro....
Obrigada pela visita..
Beijos e abraços
Marta


De Pjsoueu a 8 de Julho de 2008 às 08:33
De dentro: S",fico feliz por gostar dos meus poemas; Obrigado!

O que somos nós senão um conjunto harmonioso, ou não de sentires"?

Estamos bem vivos e vale a pena sentir que estamos:)

Um dia lindo para si, S".


De Pjsoueu a 8 de Julho de 2008 às 08:35
Marta, Tb me honra prazeirosamente a sua visita.

O seu sitio é cheio de harmonias, bom gosto, cheio de cultura poética.

Gostei.

um beijo do pj


De Luisa a 8 de Julho de 2008 às 09:19
Bom dia Compadre,

Hoje é poesia, e por sinal bem bonita.

Gostei muito!

Continue que vai no bom caminho!

Vá de bêjos que eu sou uma bêjoquera!

Luisa


De Pjsoueu a 8 de Julho de 2008 às 09:33
Bom Dia Comadre Luisa:):)

brigadu" a poesia existe dentro de cada um de nós; só temos de a deixar fluir...

"OLhi" olhando para o seu sorrir leio a poesia do amor pela vida; bem arejado e sorridente..;):)


e já agora: Vá Be Bêjos; lol


De D.Antónia Ferreirinha a 8 de Julho de 2008 às 11:43
Desculpa pj, mas dentro de mim não há poesia.
Há prosa, também serve ou será que não?
Bonitas palavras.
Beijinho.


De lalisca.cs-life a 8 de Julho de 2008 às 13:02
Não sou tua comadre mas vou comentar hehehe!


Adorei o poema, algo que brilhou mas que de algum modo perdeu o brilho de outrora!!

beijinhos!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. CÉU DE AMOR

. OLHAR DE AMOR

. OLHAR TRISTE NAS RUAS DA ...

. Ao meu olhar

. Dança da Alegria

. De volta -

. Memórias do Alentejo(foto...

. - COMPROMISSO, PORQUE TE ...

. »»»O Trigo e o Joio«««

. Memórias, sabores e cheir...

.arquivos

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds