Terça-feira, 17 de Junho de 2008

***RUTE =AMIZADE***


.Rute.

Conheço algumas Rute “s”,...bem “giras”, a começar pela minha afilhada e terminando em todas que sejam dignas deste nome tão belo e significativo.


Rute, na origem significa “Amizade, União, Sociedade, Harmonia .

Conheço a história de Noemi e Rute à muitos anos, quer dizer: - alguns, para não me chamarem “velhote”...lol.


Entre vários aspectos quero sublinhar o grau de parentesco entre as duas mulheres, conhecidas na história como dignas de serem lembradas até ao fim dos tempos.


Sogra e nora; sim, sim, Noemi era SOGRA de Rute e amavam-se incondicionalmente. Permitam que vos conte um pouco da história de Rute:


“”Nos dias em que os juizes governavam, houve uma fome na terra; pelo que um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar no país de Moabe, ele, sua mulher, e seus dois filhos.

Infelizmente Elimeleque, marido de Noêmi faleceu; e ficou ela com os seus dois filhos, os quais se casaram com mulheres moabitas; uma destas se chamava Orfa, e a outra Rute; e moraram ali quase dez anos. Fatidicamente, morreram também os dois, Malom e Quiliom, ficando assim a mulher desamparada de seus dois filhos e de seu marido.


Perante tal fatalidade, disse Noêmi às suas noras: Filhas, voltem cada uma para a casa de sua mãe; e o Senhor use convosco de benevolência, como vós o fizestes com os falecidos e comigo. O Senhor vos dê descanso cada uma em casa ,e que novo marido vos ame. Quando as beijou, porém, levantaram a vóz e choraram.


Então levantaram a voz, e tornaram a chorar; e Orfa beijou a sua sogra, porém Rute se apegou a ela.


Pelo que disse Noêmi: Eis que tua concunhada voltou para o seu povo e para os seus deuses; volta também tu após a Orfa. Respondeu, porém, Rute: Não me instes a que te abandone e deixe de seguir-te. Porque aonde quer que tu fores, irei eu; e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo será o meu povo, o teu Deus será o meu Deus.""


Nestes dias de tanta indiferença e falta de cuidados para com a Instituição chamada FAMÍLIA, pretendo evidenciar este exemplo, de AMIZADE por excelência de Rute e Noemi.


QUE A AMIZADE E A UNIÃO NÃO SEJAM UMA MIRAGEM, OU SIMPLESMENTE RETÓRICA; MAS UMA REALIDADE BEM VIVA, NAS FAMILIAS RESISTENTES, LIGADAS PELO VINCULO DO AMOR NA AMIZADE E FIDELIDADE EM TODAS AS CIRCUNSTANCIAS DA VIDA.

tags:
publicado por Pjsoueu às 15:30
link do post | comentar | favorito
|
30 comentários:
De Patti a 17 de Junho de 2008 às 20:17
A crença em Deus torna tudo mais fácil para muitos.
A união familiar, a amizade, a crença numa vida para além desta, a postura perante a morte.

Para quem não tem essa crença, ou que a deixou de ter, como é o meu caso, torna-se tudo mais difícil, mas nem por isso impossível.

Vivo tudo muito intensamente e olho sempre para o lado como cristã que fui e que me ensinaram a ser.

Preservo muito a minha família e os meus amigos. Aliás, tenho muitos, felizmente.

É tudo uma questão de formação, de educação de princípios; esses sim que cada vez mais são desvalorizados pela nossa sociedade.
Lamentavelmente.
Bonito post, cheio de intenção!


De de dentro pra fora.... a 17 de Junho de 2008 às 21:24
Mais uma prova, além da minha, de que as sogras e as noras também se dão bem...
Fiz pela minha o que faria (e ainda faço felizmente) pela minha mãe...que por sua vez, trata muito bem as suas noras...


De Coragem a 17 de Junho de 2008 às 21:31
Amigo pj, uma história biblica muito bonita.

Mas eu não vivo baseada em teorias, (para mim são)biblicas.

A Familia, é puro laço sanguineo, que não se escolhe, eu infelizmente não escolhi a que possuo a não ser os meus filhos.
Com eles pretendo dar continuidade a esse Amor que se fala, mas nunca senti.

Tudo o que sou, em nada devo a qualquer tipo de religião.
Durmo tranquila, porque pondero as minhas acções diariamente...
A minha consciencia é o meu Deus e bastante presente.

Prefiro ter a minha própria história para contar,
alterando aqui e ali algum do Amor e carinho familiar, que recebi.

Respeito aquilo que o pj, é e sente, espero que entenda o meu ponto de vista :)

Beijinho


De Pjsoueu a 17 de Junho de 2008 às 21:53
Patti:
Uma das minhas preocupações actuais são exactamente a falta de "Principios" que esta sociedade atravessa, onde tudo é relativo.

As crianças e jovens são educados sem fronteiras ( disciplina do amor).

Essa falta de alicerces na família transforma-os, em pessoas inseguras, infelizmente conheço e convivo com algumas assim.

Mas quero sublinhar que a minha fé nas pessoas (algumas pelo menos) continua intacta:)

Um beijo de amizade do Pj


De Pjsoueu a 17 de Junho de 2008 às 22:05
S.Cardoso - de dentro:)

Parabéns pela nora que és, e pela felicidade da tua nora ter permitido que fossem minimamente próximas:)
Um beijinho à tua mãe como sogra exemplar que é.

A minha sogra que já não está entre nós, foi sempre alguém maravilhosamente próxima de mim, amiga, compreensiva. Pegando no exemplo referido na história de Noemi e Rute ela foi até que num acidente adormeceu pra eternidade.

Mas noto, incrivelmente que, quando falamos nela é com sorrisos, contando tudo que vivemos em família, porque era assim que ela vivia em festa constante com os netos, filhas e genros...

Os nossos nunca morrem vivem nas lembranças.

Por tudo isso continuo a dizer:
- Mais importante que qualquer bem, o maior e melhor, são os momentos de qualidade que vivemos com as pessoas que amamos:)

beijo de seu amigo , Pj


De Pjsoueu a 17 de Junho de 2008 às 22:28
Coragem:
Minha Comadre, como sabe, apresento uma história Bíblica porque nela vi um bom exemplo a ser seguído.

Mais que teorias, ( ainda que tudo começa na teoria antes de ser prática)..mas dizia eu:

A prática de cada um de nós nem sempre é igual; depende de terceiros, de circunstâncias variadas...

No entanto, existe algo que deveria ser comum a todos: - A procura e aperfeiçoamento nos relacionamentos entre pais e filhos - esposas e maridos - sogras genros (noras) se fosse possível seria o ideal.

Quanto á minha consciência, confesso que não a posso usar como deus, uma vez que ela tem muitas fragilidades, porque afinal sou humano..... e preciso de ser orientado pelos princípios de vida que recebi desde o berço; passando por muitas fases e remodelações ao longo da adolescência entrando na idade adulta.

Acredito num Deus Criador e sei que há muitas coisas, na minha humanidade, as quais não consigo dominar mesmo com a melhor das minhas intenções.

Amável coragem, claro que a respeito muito e compreendo o seu ponto de vista, admirando-a por isso. Mas, como já viu, eu sigo o meu cristianismo ( não religioso) no sentido normal do termo - Um cristianismo de princípios de coragem, determinada na forma normal" como o tento viver. Saboreio a alegria de viver assim, com todos os que me rodeiam, sejam Cristãos ou não.
AMO a LIBERDADE DE ESCOLHA E FUJO DE PRECONCEITOS PRÉ CONCEBIDOS.

Um beijo de sê cumpadri" que torce e estica desejando o máximo de momentos felizes na vida de minha da comadre Coragem.


De sonhos a 17 de Junho de 2008 às 22:33
Tem razão quanto à educação de alguns jovens de hoje, criados sem principios sem regras.

Bonito Post

Bjs


De Pjsoueu a 17 de Junho de 2008 às 22:38
Sonhos, eu é que agradeço a amabilidade em me visitar tão amável mente.

Sempre que a visito tb noto e sublinho o seu bom gosto.

Quanto á educação, infelizmente existe pouca formação para melhorar a educação das nossas crianças.

Bjos do Pj:)


De Luisa a 18 de Junho de 2008 às 09:42
Bom dia Pj,

Li atentamente este teu post, e a história tão bonita que eu desconhecia serviu para aprender aqui algo.

A tua ligação a Deus é fortíssima, sente-se a cada palavra escrita. Eu e Ele tb somos mto bons amigos, mas não falo Dele como tu, é mais ao meu jeito mais coloquial, pq os amigos (Ele e eu) tratam-se sem cerimónias... Mas com o maior respeito. Na vida e na religião sou eu mesma, a irreverente a alegre Luisa, se bem q sensata.

Aprecio o teu jeitinho de falar de religião.

E agora que já escrevi "mais que a conta" vejam de lá esses ossos compadri para um abracinhos!

(palmadinhas de ambos nas costinhas um do outro)

Ah velentes!:)))

Luisa


De Pjsoueu a 18 de Junho de 2008 às 11:02
Bom dia :) Luisa;
a tua saudação é qual Sol ao meio dia em todo o seu esplendor:)*****

Sabes? - Eu falo de Deus com a mesma naturalidade que falo do e com o meu filho ou amigo....Entendo este meu viver como o de um Pai para um filho, onde posso falar, dizer que nâo estou de acordo, de rir ou chorar...

Quanto ao sentido religioso não o entendo como algo rotineiro, feito de rituais muitas vezes sem sentido que são feitos nas igrejas tradicionais.... mas algo muito pessoal.

Estou certo ou estou errado?? lol....

Retribuo o abraço bem apertadinho ( cuidado com os ossinhos))) lol

um beijo do cumpadri e famelga...do Lintejo ...para a Luisa de Lisbonne...


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. CÉU DE AMOR

. OLHAR DE AMOR

. OLHAR TRISTE NAS RUAS DA ...

. Ao meu olhar

. Dança da Alegria

. De volta -

. Memórias do Alentejo(foto...

. - COMPROMISSO, PORQUE TE ...

. »»»O Trigo e o Joio«««

. Memórias, sabores e cheir...

.arquivos

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds